Ju Romano – Lumberjills.sp: mulheres marceneiras dando uma aula de feminismo

Posted on Posted in Onde saímos

Quando a Fê da Lumberjills.sp, uma marcenaria composta por 2 mulheres, me sugeriu a cabeceira fiquei completamente alucinada! Não só por ter a chance de escolher detalhe por detalhe do móvel que me acompanharia todas as noites, mas também pela oportunidade de ter uma obra feita por mãos femininas em uma profissão majoritariamente ocupada por cuecas.

Uma mulher marceneira, essa foi inédita pra mim, que passei o último ano inteiro vendo coisas de casa e obras. Me deu um certo orgulho, uma satisfação mesmo, em ver a coragem dessas mulheres de saírem da zona de conforto para conquistarem seus lugares ao sol em uma marcenaria. Lembrei de quando minha irmã resolveu fazer engenharia, há mais de 10 anos, e quando ela passou na faculdade eram 790 homens para 10 mulheres em seu ano.

Hoje não é mais assim, ainda bem, e felizmente a mulher está conquistando cada vez mais seu espaço e voz dentro do que quer que ela tenha vontade de fazer. No entanto, conversando com a Fê, no vídeo abaixo, ainda dá pra ver que o machismo e o assédio são temas recorrentes na vida de uma marceneira (e de todas nós, mulheres) e que por mais incrível que seja ela ter conquistado seu posto, ainda temos que lutar muito.

Bom, você descobre tudo dessa conversa deliciosa, onde a gente fala sobre a cabeceira em si, como funciona o trabalho das Lumberjills, como é esse assédio e machismo no dia a dia e ainda tem dica de outro serviço feminino super incrível! Aperta o play:

Para entrar em contato com a Fê e as Lumberjills:

Pelo Facebook > https://www.facebook.com/lumberjills.sp/

Pelo Instagram > https://www.instagram.com/lumberjills.sp/

Elas são de São Paulo, mas para saber mais informações o melhor é conversar com elas mesmo 😉

 

Também falamos das Manas à Obra no vídeo:

Site > http://www.manasaobra.com/

Facebook > https://www.facebook.com/manutencaomulheres/

 

Sobre a cabeceira:

Falei um pouco no vídeo, mas antes de encontrar as Lumberjills eu não tinha achado nada que eu gostasse. Eu queria uma cabeceira alta e GRANDE, grande meeeesmo, com essa pegada mais romântica e na cor que predomina aqui em casa (esse tom de verde). Eu também queria os recortes mais românticos, acho que combina com quarto, e como a decoração aqui de casa não segue estilo nenhum – a não ser o estilo dessa cabecinha maluca que vos escreve – então achei mesmo que precisaria de uma fada madrinha que pudesse realizar meus sonhos.

A Fê trouxe muitas amostras de tecido até eu escolher esse: é um suede impermeabilizado, para limpar é só passar uma escovinha ou pano umedecido. Ele podia ser estampado, mas como é um móvel fixo achei melhor deixar liso para que eu pudesse variar as estampas sempre na colcha ou nas almofadas. A cabeceira ficou bem no limite da cama, já que meu quarto é bem apertadinho e não tinha muito espaço. Na altura, ela começa a partir do fim do colchão, o que deixa muito confortável para ler à noite, encostada nela. Por fim, ela é pendurada na parede, então precisamos furar a parede para colocar os ganchos. As Lumberjills usam ganchos super diferentões, que fazem com que a cabeceira fique completamente estável e sem o menor risco de cair, parece até que ela é colada na parede. Amei tudo!

Bom, meninas, minha cabeceira está aqui, firme e forte e muito linda decorando meu quarto. Ela ficou PERFEITA, ainda melhor do que eu tinha imaginado e fiquei feliz demais – além de muito confortável – em ter recebido mulheres para fazer esse serviço. Desde a escolha, passando pelo desenho, até a instalação senti uma confiança muito forte nelas,o que deixou essa fase de obra/decoração bem mais agradável.

Recomendo demais o serviço e a experiência e espero que vocês tenham gostado do vídeo! Me contem tudo e não se esqueçam de se inscrever no canal https://www.youtube.com/c/juromano

HUA HUA

BJÓN

Por: Ju Romano
Link para a publicação original: clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *